Experiências Musicais–Halloween

O Estilo
   Comecei minhas experiências com musicas do tipo “Halloween
são musicas de terror, com ambientação macabra e sinistra, mas
com um toque de alegria e bom humor.

Concurso

   Eu pretendo participar do concurso anual de Halloween do
Newgrounds, que já fazer anos que eu conheço, mas nunca
participei, apesar de querer, eu não tinha muito conhecimento
dessa área musical, então eu não participei até hoje, mas pretendo
participar este ano e torço para conseguir uma boa colocação.

   Os premio é de 50 dólares, bem pouco, mas não estou fazendo
pelo  dinheiro, mas sim pela competição, pelo aprendizado, pelo
aprimoramento. Isto me dá uma ideia, vou fazer um post inteiro,
talvez mais, sobre o Newgrounds, um site realmente incrível.

A Composição
Nesta musica usei uma ambientação muito comum em musicas
de terror, normalmente ela te traria medo, mas com um toque
de uma melodia mais alegre, um PAD angelical, em contraste com
a ambientação aterrorizante, acaba te trazendo essa estranha
sensação de halloween, uma data onde o terror é uma alegria.

Um toque muito interessante na minha opinião, é o acordeom, que
eu nunca pensaria em botar numa musica como esta, mas escutando
outras musicas do gênero, pude perceber que este instrumento soa
perfeitamente com a atmosfera de halloween da musica, sendo
praticamente indispensável para o FEELING desse gênero.

Referencias
Uma de minhas referencias principais foi um musica com esse toque
de acordeom misturado ao estilo halloween, foi da trilha sonora
do jogo The Sims: Num Passe de Magica, um dos meus preferidos da
série The Sims.

Enfim vamos ao resultado do meu trabalho:

   Nome: Happy Halloween  / Autor: Carlos Salles( Kadu Salles )

http://www.4shared.com/embed/704024378/f2b58d51

Rebelião

Owned(Cena retirada do Filme – O Procurado )
”Após gritar com sua chefe, depois de muito tempo de torturas e maus tratos no trabalho, ele vai até o cara que esta saindo com sua mulher, que também é seu colega de trabalho, e bate com o teclado na cara do traidor!”

Então vamos nos inspirar no momento de rebelião contra a opressão de nosso amigo e lutar para tornar nossas vidas, mais gostosas de se viver.

Como Fazer Ligação-Direta em Carros

O que você precisa

   
Prova de propriedade do veículo
   
Chave de fenda
   
Descascador de fios
   
Luvas isolantes

Tente a chave de fenda

Não é bonito, mas uma chave de fenda pode poupar alguns problemas.

Se você estiver considerando a ligação direta no carro, as chances são de que você já está em maus lençóis. Antes de fazer coisas piores, retirando a tampa de ignição e fazendo uma bagunça geral do seu veículo, pode valer a pena tentar o velho truque da “chave de fenda na ignição” . Tudo que este truque exige é a inserção de uma chave de fenda na ignição e vira-la como uma chave.
Se o carro der partida, você salvou a si mesmo dos problemas e riscos elétricos da ligação direta.

Não teve essa sorte? Não se preocupe. Você ainda precisará da chave de fenda para as etapas seguintes. Apenas não se esqueça de garantir que não ficará preso no cilindro de ignição.

Remova a tampa da ignição
Tenha cuidado para não causar danos permanentes ao remover a tampa.

Antes de continuar, certifique-se de agir com extrema cautela.
Os seguintes passos podem resultar em choques elétricos dolorosos, então siga atentamente as instruções.

O primeiro passo é ter acesso à fiação. A maioria dos carros têm grandes painéis de plástico que se encaixam a parte superior e inferior da coluna de direção. Remova cuidadosamente estes painéis de modo que o cilindro (e os fios de execução para ele) fiquem expostos. Em algum momento você vai querer colocar estas peças de volta, por isso seja cauteloso, enquanto que os separa.

Identificar os fios da bateria e da ignição

Consulte o manual do seu veículo para obter o código correto da cor do fio.

Você verá normalmente três pares de fios correndo para a parte de trás do cilindro.
Não se assuste – cada par representa apenas uma posição diferente chave na ignição.
Em suma, um par devem acionar a posição da bateria-somente, um outro par as luzes e o rádio, etc Claro, isso também significa um par é responsável pela posição final-chave – a partida do carro.

Aqui é onde fica complicado. Tudo que você precisa está bem na sua frente, mas não há sistema de cor universal para os fios. Consultar o Manual do seu carro é provavelmente a melhor maneira de descobrir o código de cores específico do seu veiculo. No entanto, em alguns carros o par vermelho é geralmente o conjunto que fornece energia para o carro, e o marrom (que pode ser um único fio ou um par, dependendo do carro) lida com a partida.

Descasque e conecte os fios de energia. 

Uma vez localizado os fios que fornecem energia para o carro, desligue-os do cilindro. Use o descascador de fios para remover o plástico das extremidades e gire-os juntos. Os frutos do seu trabalho deveria ser óbvio – energia para o painel, luzes e praticamente todo o resto no carro.

Ligue os fios de partida com os fios de alimentação

Agora as coisas ficam perigosas. Apesar de conectar os fios de energia ser relativamente seguro, os fios responsáveis por ligar o carro dão choque. Sob nenhuma circunstância você deve tocar os fios de partida!
Com isso em mente, tire o isolamento das extremidades dos fios e, cuidadosamente, toque-os um no outro. Você deverá ver uma faísca e ouvir o motor ligar. Uma vez que comece em marcha lenta, separe e cubra as extremidades dos fios de partida.
Eles ainda representam um perigo elétrico, mesmo depois de o veículo já ter ligado, e você não quer que eles balançando em torno de seus joelhos.

DICA: Este processo pode ser ligeiramente diferente para carros mais velhos. Se você descobrir que o veículo tem um único fio de partida (por oposição a um par), você vai querer desligar e segurar o fio da mesma maneira mencionada acima. Para ligar o carro, o fio de partida deve entrar em contato com os fios de alimentação conectados. Uma vez que o motor foi iniciado, remova o fio de partida do circuito e cubra a ponta exposta.

Coisas a considerar

    Ligação Direta é ilegal se você não possui o carro, por isso tenha sua carteira e o registro (ou alguma outra prova de propriedade) do carro com você. Se você está ajudando um amigo, essa pessoa deve ser capaz de provar a propriedade do veiculo e deve permanecer com você durante todo o processo.

    Muitos carros têm um mecanismo que trava o volante a menos que uma chave está na ignição. Assim, mesmo se você ligar o carro sem uma chave, você pode não ser capaz de virar o volante.

    Se você não tiver certeza de que você sabe que você está fazendo, nem sequer comece. Você pode causar problemas sérios e difíceis de solucionar (em outras palavras, vai sair muito caro) , danos à fiação e outros componentes, se você acidentalmente aterrar (ou ligar) o circuito errado.

    Novos carros têm um chip de computador no sistema de ignição que requer uma chave correspondente. A maioria deles tem um chip RFID que funciona quando em proximidade com a coluna de direção. Sem uma chave, estes carros não podem ser ligados diretamente. Se sua chave não gira as fechaduras mecânicas, simplesmente grude-la à coluna de direção pode permitir-lhe a ligação direta do carro.

    Carros ligeiramente mais velhos têm resistores em resistências muita precisas (como 11.7ohms), construído para as chaves. Estes precisam ser combinados com um valor armazenado na memória do carro para ligar o carro. Depois de alguns (normalmente 3) erros, a ECU bloqueia a ignição.

Nota: Como regra geral você não deve tocar os fios elétricos desencapados, mas neste caso não vai fazer nenhum mal. A bateria pode fornecer centenas de ampères (conhecido como ampères cranking) para ligar o motor, fornece apenas 12V. A baixa tensão não pode passar corrente suficiente através de você para machucar (é por isso que você pode segurar as baterias da câmera 12V em suas mãos sem qualquer problema) – Isto, devido à “tensão de ruptura” da pele, estar entre 30V e 48V DC. Mas se estiver com as mãos molhadas, tocando os fios, posso te dizer que é uma péssima ideia, pois está aplicando o poder sob a pele (há uma história em algum lugar da Web de alguém que adere pinos de multímetro em seus polegares, eletrocutando a si mesmo).

O verdadeiro problema surge se você encosta a bateria através de um pedaço de metal. Uma bateria pode fornecer tanta corrente quanto os atuais soldadores, daí a história na Web de um cara que estava trabalhando em seu carro e caiu uma ferramenta, dando curto-circuito na bateria do carro e soldando seu anel de casamento no chassi.
Combinado com o gás hidrogênio gerado, você pode ter uma situação explosiva.

Como Hackear Maquinas de Refrigerante

Este é um conhecimento que pode vir a ser útil, não para o crime, mas imagine-se num situação onde você é o único sobrevivente de um desastre em larguíssima escala, abandonado em uma cidade sem ninguém além de você, seria bom saber disso pra pelo menos conseguir algo para beber ao invés de gastar seu tempo e sua força tentando quebra-la ou abri-la a força.

Obviamente existem melhores meios  de conseguir líquidos/bebidas na situação citada, mas conhecimento é sempre bom, nunca se sabe quando precisará dele pra continuar vivo.

”É melhor prevenir, do que remediar.”

As mais modernas máquinas de venda automática, possuem pequenos computadores em seu interior. A pequena tela geralmente exibe algumas informações. image

Apesar disso ser relativamente pouco conhecido, pressionando certas combinações de botões você pode controlar as configurações da maquina. Por exemplo, você pode verificar a temperatura interna, ver a quantidade de dinheiro dentro, esvazia-la, ou o despejo certas bebidas. Ele geralmente só funciona em máquinas novas, que é retratado no lado direito.

Acessando o menu
Pressione os botões [4] [2] [3] [1] um após o outro. Estes podem ser dispostos verticalmente ou horizontalmente dependendo do layout dos botões. Se um não funcionar, tente o outro. Uma vez que você digitar essa combinação na máquina, você vai entrar no “Menu de Debug.” que deve exibir a palavra “ERRO” na tela.

Navegar no sistema
Uma vez dentro do Menu de Debug, os botões tornam-se controles para navegar no sistema de menu.
Botão [1] – Voltar / Sair
Botão [2] – Baixo
Botão [3] – Cima
Botão [4] – Selecionar
Agora você deve ser capaz de percorrer as configurações disponíveis.

Compreendendo as definições
Aqui estão as descrições de algumas das configurações você pode executar em:

  • Cash – A quantidade de dinheiro e quanta renda cada bebida gerou.
  • Sale – Mostra quantas bebidas foram vendidas e de quais Slots.
  • Ver – Mostra o numero da firmware da maquina( versão da Firmware).
  • Error – A vários códigos de erros:
    • ColJ – column jammed
    • VEnd – vending mechanism
    • Door – door switch
    • Sels – selection switch
    • Char – charge error
    • Acce – acceptor errors
    • Sts – space to sales.
    • bVal – bill validators
    • ( achei melhor não traduzir os erros, pois certos termos perdem seu sentido na tradução )

  • Rtn – Volta ao menu normal.

Pressionando o retorno da moeda ou o botão de volta, também sai do menu de configuração. Dica rápida: segurando uma moeda na ponta do slot vai mostrar a temperatura interna atual.

Outras notas
Embora o acesso a essas configurações normalmente é ativado, às vezes é bloqueado pelo proprietário ou manutenção. Se você pode entrar em menus, aqui estão algumas coisas que você pode fazer:

CPO –   Teoricamente é o modo de troco, então diga quanto quer e a maquina te dá.
tvFL –   Permite reconstituir a máquina com moedas.
PASS –  Mude a senha padrão de 4231 para algo novo.
PrlC –    Mude o preço de uma bebida!
STOS –  Reordenar o que cada botão se refere. (Faça o botão Coca-Cola soltar uma Sprite)
CON –   Configurações profundas da máquina.
TIME –  Alterar a hora.
LANG – Mude o idioma.

Kadu Salles Blog

    Botânica 1– As Angiospermas

    Bem iniciando meu estudo de botânica, me deparei com o termo Angiospermas, então decidi pesquisar sobre este termo, aqui estão os resultados de minhas pesquisas:

    “As angiospermas conquistaram definitivamente o ambiente terrestre graças ao seu grau de complexidade, diversidade e distribuição geográfica.

    É o mais numeroso grupo de plantas atuais, variando de gramíneas a enormes árvores. Existem cerca de 235.000 espécies descritas e habitam todos os tipos de ambientes.

    A principal característica deste grupo é a presença do fruto e das flores. A flor contém os óvulos e podem estar agrupadas em inflorescências ou estar solitárias. As flores possuem estruturas para atrair polinizadores como lindas pétalas coloridas.”

    image

    A romã  é um ótimo exemplo de angiosperma.

    Quem eu sou?

    Tá ai uma pergunta filosofica muito interessante, aparentemente boba, mas é a mais importante pergunta que deve fazer em sua vida.
    Eu perguntei isso a mim mesmo, em busca de uma resposta, percebi que seria mais dificil do que eu imaginava, pensei por longas noites e em varios momentos, era algo que me incomodava muito, foi então que eu percebi que existiam varios “EU”, dentro de mim, quanto mais eu analisava, mais “EU” s eu descobria, então tentei me focar nos principais:

    QUEM ACHAM QUE EU SOU:
    Esse eu é um dos que mais me incomoda, pois não sou quem as pessoas dizem, mas de tanto me dizerem isso, passei a acreditar nelas por muito tempo, simplesmente por não parar para refletir que eu não sou quem eles acham que eu sou, então criei a minha imagem fisica com base no que eles acreditam que eu sou. Assim quando me veem, eles veem alguem que eu não sou, o que acaba repelindo pessoas que me fariam bem e muitas vezes, trazendo pessoas que me afundam cada vez mais, junto delas, pois é uma questão de afinidade, depressivos tendem a atrair depressivos e por ai vai…

    QUEM EU ACHO QUE SOU
    :
    Esse EU é um dos que mais me confunde, pois em parte ele está certo, em parte, ou talvez totalmente, talvez eu seja esse EU, não sei onde ele começa e onde QUEM ACHAM QUE EU SOU termina, mas ele não é quem eu quero ser, minhas aspirações não batem com esse EU, mesmo que eu tenha sido esse EU por muito tempo, quase toda minha vida, o eu que eu acho que sou, não é QUEM EU QUERO SER.

    Finalmente cheguei nessa nova pergunta, QUEM EU QUERO SER?

    Pensei por muito tempo, sempre pensando, quem eu quero ser?
    Vendo que eu não conseguia uma reposta definitiva, mudei a abordagem,
    passei a aceitar como resposta para essa pergunta EU QUERO SER FELIZ,
    eu consegui assim responder a pergunta, mas caindo em outra,O QUE
    EU PRECISO PRA SER FELIZ
    ?

    Novamente mudei de abordagem, pensei, O QUE EU CONSIDERO UMA PESSOA
    FELIZ
    ?

    Para essa eu consegui uma resposta quase imediata, uma pessoa feliz pra mim,
    é alguem que viaja o mundo, conhece tudo que pode, aceita desafios, sem deixar que o medo tome conta e faça com que eu deixe de ter otimas experiencias, uma pessoa feliz é aquela que dá ouvidos aos sentimentos, analisa com o coração e decide com a razão, sem deixar com que medos a dominem e limitem.